Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Desemprego: "Impulso Jovem" oferece às empresas "trabalho gratuito" - CGTP

Lusa

  • 333

Lisboa, 01 ago (Lusa) -- A CGTP considera que o programa que hoje entra em vigor, o "Impulso jovem", precariza o emprego e promove o "embaratecimento salarial", oferecendo às empresas "trabalho quase gratuito".

Os jovens entre os 18 e 35 anos, inscritos nos centros de emprego, poderão candidatar-se, a partir de hoje, a estágios profissionais ao abrigo do programa "Impulso Jovem", de acordo com uma portaria publicada na terça-feira ao final do dia em Diário da República.

Numa reação a este programa, a Central sindical entende, num comunicado enviado às redações, que "o objetivo [do 'impulso Jovem'] é o de precarizar o emprego e promover o embaratecimento dos custos com o trabalho, disponibilizando às empresas trabalho quase gratuito ou com salários muito baixos aproveitando a real e grave situação de muitos jovens, muitos dos quais com boas qualificações".