Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Desemprego aumentaria sempre mesmo com outros caminhos -- Carlos Moedas

Lusa

  • 333

Madrid, 20 mar (Lusa) - O desemprego é uma herança dos desequilíbrios estruturais da economia portuguesa e teria aumentado mesmo com caminhos alternativos aos adotados pelo atual Governo, afirmou hoje Carlos Moedas.

Em declarações a jornalistas portugueses em Madrid, o secretário de Estado Adjunto do primeiro-ministro rejeitou, assim, que o aumento do desemprego seja uma consequência da aplicação do programa acordado com a 'troika'.

"Não estamos a criar um problema de 19% de desemprego. O problema de desemprego em Portugal é estrutural e já vem de longe. Poderíamos ter ido por outros caminhos (no programa de ajustamento), mas o desemprego estaria sempre lá porque estávamos numa situação de tal ordem difícil, que tivemos que pedir ajuda aos nossos credores", disse.