Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Deco atribui críticas ao leilão a "tentativa de desviar atenção do essencial"

Lusa

  • 333

Lisboa, 02 mai (Lusa) -- A Deco desvalorizou hoje as críticas às condições do leilão que promoveu para o fornecimento de eletricidade a mais de milhão de consumidores, considerando que "é uma tentativa de desviar a atenção do essencial".

"Desde o primeiro momento demos conta que haveria a possibilidade de haver o pagamento de uma comissão de angariação [pelos operadores] e nenhuma das empresas apresentou [a condição] como elemento impeditivo para não ir a concurso", disse à Lusa a porta-voz da Deco, Rita Rodrigues.

A Galp anunciou hoje que "decidiu não participar" no leilão devido às condições impostas pela associação de defesa do consumidor, criticando a obrigação de pagar uma comissão por cada cliente contratado.