Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Dados da OCDE têm "implicações preocupantes" para futuro dos professores - CE

Lusa

Lisboa, 25 jun (Lusa) -- A Comissão Europeia considerou que o estudo TALIS da OCDE, sobre condições de ensino em mais de 30 países, tem "implicações preocupantes para o futuro do ensino enquanto carreira" e apelou à adoção de medidas que valorizem a profissão.

"A menos que os Estados-Membros intervenham para atrair e manter os melhores professores, estaremos a comprometer os progressos na melhoria da qualidade do ensino na Europa. A Comissão está disposta a ajudar os Estados-Membros a conceber políticas e medidas para tornar a profissão de professor mais aliciante", afirmou a comissária europeia da Educação, Androulla Vassiliou, citada pela representação da Comissão Europeia em Portugal, em comunicado.

Uma das principais conclusões do inquérito TALIS 2013 (Teaching and Learning International Survey) da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE), hoje divulgado, e que foi aplicado em mais de 30 países a uma amostra de professores do 3.º ciclo e diretores escolares, aponta para um sentimento generalizado de desvalorização social da carreira docente.