Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Cunhado do dissidente chinês Liu Xiaobo foi condenado a 11 anos de prisão

Lusa

  • 333

Pequim, 16 ago (Lusa) -- Um tribunal chinês confirmou hoje, em resposta a um recurso, uma pena de 11 anos de prisão aplicada ao cunhado do dissidente chinês e Nobel da Paz Liu Xiaobo, que está detido, por "fraude imobiliária", informou o advogado.

A polícia deteve Liu Hui em janeiro sob suspeita de fraude e foi condenado em primeira instância em junho por um tribunal de Huairou, nos arredores de Pequim.

"A sentença foi confirmada e continuamos a acreditar que ela é injusta", disse Mo Shaoping, um dos advogados de Liu Hui especializado na defesa dos direitos humanos, citado pela agência AFP.