Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Cultura criada no Barclays contribuiu para escândalo da Libor e danos na reputação - relatório interno

Lusa

  • 333

Redação, 03 abr (Lusa) -- Um relatório interno do Barclays conhecido hoje atribui à cultura criada na instituição que valorizava os lucros em detrimento dos clientes os problemas que estiveram na origem do escândalo de manipulação da Libor e dos danos na reputação da instituição.

O relatório independente encomendado pelo banco e liderado pelo advogado Anthony Salz é uma crítica à gestão do antigo presidente executivo, Bob Diamond. O documento refere que a rápida expansão do Barclays durante os anos que antecederam a crise financeira foi provocada pelos "desafios culturais" dentro da instituição.

"O resultado deste crescimento foi que a gestão do Barclays se tornou cada vez mais complexa, o que tende a desenvolver diferentes culturas e valores", lê-se no relatório citado pelas agências de notícias, que refere ainda a inexistência de um objetivo comum num grupo que "cresceu e se diversificou significativamente em menos de duas décadas."