Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Corte retroativo de pensões do Estado é alterar regras no final do jogo - APRe!

Lusa

  • 333

Lisboa, 09 mai (Lusa) -- A presidente da Associação de Aposentados, Pensionistas e Reformados (APRe!) afirmou hoje que a aplicação de cortes retroativos nas pensões do Estado, ponderada pelo Governo, é uma "alteração de regras no final do jogo" que será "alvo de luta".

"Esta é uma situação que a APRe! não pode aceitar de maneira nenhuma, porque é uma alteração de regras no final do jogo", afirmou Maria do Rosário Gama, em declarações à agência Lusa, referindo que "qualquer medida com aplicação retroativa terá que ser alvo de luta e de recurso aos tribunais, porque há ilegalidade.

A presidente da APRe! dá como exemplo um jogo de futebol, cujo resultado é 2-1, em que a equipa vencedora ganha por grandes penalidades: "Se vier alguém dizer que os golos por penáltis não contam, o vencedor passa a ser outro. Ninguém aceita esta situação".