Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Coreia do Norte volta a reivindicar direito a programa nuclear

Lusa

  • 333

Seul, 06 out (Lusa) -- A Coreia do Norte voltou a reivindicar o direito ao seu programa nuclear e garantiu que não irá desfazer o seu arsenal atómico enquanto os norte-americanos mantiverem o seu e continuarem a "política de hostilidade", refere um comunicado do regime.

"De acordo com a situação em que a ameaça nuclear dos Estados Unidos continua, é razoável para nós desenvolver a nossa capacidade nuclear para defender a dignidade e a segurança do país", assinalou o comité da reunificação da Coreia num comunicado divulgado pela agência estatal KCNA.

O mesmo argumento tem sido utilizado repetidas vezes pelo regime de Pyongyang e volta a ser apresentado antes do início de manobras militares tripartidas entre a Coreia do Sul, Estados Unidos e Japão que irão decorrer na costa da Coreia do Sul.