Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Constantino quer que o COP seja a "casa comum das federações"

Lusa

  • 333

Lisboa, 24 jan (Lusa) - José Manuel Constantino, canditado a presidente do Comité Olímpico de Portugal (COP) nas eleições de Março, quer que o organismo seja "a casa comum de todas as federações", e não algo que esteja a "pairar" acima delas.

"Valorizar socialmente o desporto, um desígnio nacional" é o título do documento orientador da candidatura, hoje apresentada publicamente, em que se reforça que o COP tem de ser para todas as federações "um parceiro e um aliado, alguém a quem se acode para ajuda no problema, na superação de uma situação, na existência de uma dificuldade".

Por outro lado, Constantino defende que é preciso "elevar o nível de competividade do desporto nacional, tanto no plano interno como no plano interno", bem como "valorizá-lo socialmente".