Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Conceito Estratégico de Defesa Nacional quer eliminar "redundâncias" nas forças de segurança

Lusa

  • 333

Lisboa, 03 jan (Lusa) -- O novo Conceito Estratégico de Defesa Nacional (CEDN) reconhece que é necessário eliminar as "redundâncias existentes" nas forças de segurança, mas retirou as orientações propostas pela comissão de revisão em relação à PSP e GNR.

As grandes opções do Conceito Estratégico de Defesa Nacional, a que a agência Lusa teve acesso, referem que "o sistema português de segurança interna pode incluir-se nos denominados modelos dualistas ou de dupla componente policial".

No entanto, reconhece "a necessidade de clarificar este modelo, "definindo com precisão as atribuições e competências de cada componente e eliminando as redundâncias existentes, de modo a torná-lo mais eficiente", adianta o documento.