Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Comunidades: Remessas de emigrantes aumentaram 16 por cento no primeiro semestre do ano

Lusa

  • 333

Lisboa, 22 ago (Lusa) -- As remessas de emigrantes aumentaram 16 por cento no primeiro semestre deste ano e atingiram o valor mais alto desde 2002, segundo dados hoje divulgados pelo Banco de Portugal (BdP).

O aumento das remessas foi generalizado em quase todos os países onde há comunidades portuguesas significativas. Segundo o boletim estatístico do BdP, o crescimento chegou a ultrapassar os 50 por cento em países como Alemanha (75,5 por cento), Espanha (60 por cento) e Luxemburgo (56,3 por cento).

Nos primeiros seis meses deste ano, as remessas de emigrantes portugueses atingiram 1.276 milhões de euros. Este é o maior montante para estas transferências nos primeiros seis meses de um ano desde o primeiro semestre de 2002, quando as remessas foram 1.334 milhões de euros (nos segundos semestres as remessas costumam ser mais elevadas, por efeitos das férias e do Natal).