Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Complicações associadas a abortos com redução significativa em Portugal - relatório

Lusa

  • 333

Lisboa, 26 set (Lusa) -- As complicações registadas nas urgências associadas a abortos ilegais tiveram uma "redução significativa" desde que entrou em vigor a lei da interrupção voluntária da gravidez (IVG), segundo um relatório da Direção-geral da Saúde elaborado em julho deste ano.

"O número de atendimentos por complicações de 'aborto ilegal' nos serviços de urgência diminuiu consideravelmente desde 2007", refere o documento, que analisa os problemas associadas à interrupção da gravidez.

A média anual de atendimentos nos serviços de urgência, entre 2002 e 2007, por complicações ligadas ao aborto ilegal foi de 1.258, tendo descido para uma média de 241 entre 2008 e 2012.