Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Chipre: Taxa sobre depósitos abre precedente e pode ter consequências sistémicas

Lusa

  • 333

Lisboa, 27 mar (Lusa) - A taxa sobre depósitos bancários acima de 100.000 euros em Chipre abre um precedente na Europa e a forma como os dirigentes europeus comunicaram a medida poderá ter consequências sistémicas na zona euro, segundo especialistas contactados pela Lusa.

O economista José Tavares afirmou hoje, em declarações à agência Lusa à margem de uma conferências sobre patriotismo e exílio fiscal, em Lisboa, que "dar informações contraditórias em relação a coisas tão volúveis como a confiança nos bancos é brincar com o fogo", considerando que "houve uma descoordenação" entre os líderes europeus.

O presidente do Eurogrupo, Jeroen Dijsselbloem, admitiu que o modelo seguido para resgatar os bancos cipriotas poderá servir de exemplo em situações futuras, uma afirmação que os dirigentes do Banco Central Europeu (BCE) já criticaram, garantindo que Nicósia é um caso único.