Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

China/Brasil: Siderurgia chinesa desiste de megainvestimento no estado do Rio de Janeiro

Lusa

  • 333

Pequim, 03 jul (Lusa) -- A Wuhan Iron and Steel (Wisco), uma das principais siderurgias chinesas, abandonou os planos para construir uma unidade no Brasil, um investimento de cinco mil milhões de dólares (3,9 mil milhões de euros), diz hoje a imprensa chinesa.

De acordo com o jornal chinês 21st Century Business Herald, a Wisco desistiu do projeto devido aos preços elevados do investimento e à queda dos preços nos mercados globais de aço.

A siderurgia brasileira ficaria no estado do Rio de Janeiro e seria construída em parceria com a LLX, uma subsidiária do grupo EBX, controlado por Eike Batista, o homem mais rico do Brasil, tendo o acordo de construção sido assinado em 2010.