Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

CGTP entrega relatório este mês ao PR com "conceção" de funções sociais do Estado

Lusa

  • 333

Lisboa, 18 jan (Lusa) - O secretário-geral da CGTP, Arménio Carlos, afirmou hoje que vai apresentar um documento ao Presidente da República, ainda em janeiro, em que esclarece "a conceção de funções sociais do Estado" da estrutura sindical e identifica aspetos "inconstitucionais".

"Vamos apresentar um documento com a desmontagem da argumentação, as propostas e as ideias expostas no tal relatório" do Fundo Monetário Internacional (FMI) sobre o corte da despesa pública, disse o líder da Confederação Geral de Trabalhadores Portugueses (CGTP).

Arménio Carlos acrescentou que documento, que espera poder apresentar ao Presidente da República ainda este mês, vai ter mais duas componentes: uma com "a conceção das funções sociais do Estado que a CGTP tem, de acordo com aquilo que rege este país, que é a Constituição da República Portuguesa" e outra em que se vai "identificar um conjunto de matérias que [a CGTP considera] inconstitucionais e que põem em causa as leis gerais do país".