Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

CGD não está disposta a vender a área seguradora a qualquer preço - presidente

Lusa

  • 333

Lisboa, 17 jan (Lusa) - O presidente executivo da Caixa Geral de Depósitos (CGD), José de Matos, confirmou hoje que decorrem os trabalhos de preparação da venda da área seguradora do grupo estatal, mas frisou que a mesma não será alienada a qualquer preço.

"Em relação aos seguros, estamos a preparar todos os trabalhos necessários para que essa operação [de venda] seja feita em condições que não destruam capital do grupo. Ou seja, em condições que nos sejam vantajosas, e não apenas para perdermos essa área de atividade", realçou José de Matos.

O banqueiro respondia a questões de jornalistas à margem da entrega dos prémios para as mil melhores PME da revista Exame, que são apoiados pelo banco público, tendo salientado que a venda da área seguradora da Caixa foi definida aquando da assinatura do memorando entre o Estado português e a 'troika' (Fundo Monetário Internacional, Comissão Europeia e Banco Central Europeu).