Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

CGD confirma saída de Pedro Rebelo de Sousa da administração

Lusa

  • 333

Lisboa, 26 jun (Lusa) - O administrador não executivo da Caixa Geral de Depósitos (CGD) Pedro Rebelo de Sousa cessou funções no banco público a 31 de maio, depois de ter pedido a renúncia ao cargo, revelou hoje o banco público.

No mês passado tinha sido noticiado que Pedro Rebelo de Sousa terá apresentado em meados de abril o seu pedido de demissão do cargo e, hoje, a sua saída foi oficializada no comunicado enviado pelo banco estatal à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

No final de maio, o presidente do conselho de administração da CGD, Fernando Faria de Oliveira, formalizou o seu pedido de renúncia ao cargo junto da comissão de auditoria do banco liderado por José de Matos.