Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Centro-Africana: Situação está a acalmar e tiroteios desapareceram - cônsul português

Lusa

  • 333

Lisboa, 26 mar (Lusa) - O cônsul de Portugal na República Centro-Africana disse hoje que a situação no país começa a normalizar, adiantando que está agora concentrado tirar do país o piloto português do presidente deposto que está a ser perseguido e ameaçado.

"A situação em geral está a acalmar, o tiroteio praticamente desapareceu, começam a circular pessoas e desde hoje de manhã começam a circular patrulhas francesas. A vida vai começar a normalizar-se e durante a tarde alguns pequenos armazéns do centro da cidade deverão reabrir", disse José Pereira de Sousa à agência Lusa por telefone a partir da capital da República Centro-Africana, Bangui.

O português, que reside no país há 30 anos e assume as funções de cônsul honorário de Portugal, disse ainda que de momento não há qualquer problema com as três dezenas de portugueses que vivem na República Centro-Africana, onde domingo o movimento rebelde Séléka tomou a capital e o palácio presidencial, obrigando o presidente François Bozizé a deixar o país.