Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

BE/Convenção: Irresponsabilidade é manter Portugal atrelado à 'troika' - Louçã

Lusa

  • 333

Lisboa, 11 nov (Lusa) - O ex-líder do Bloco de Esquerda Francisco Louça afirmou hoje que manter Portugal "atrelado" à 'troika' é uma irresponsabilidade e admitiu que participará na segunda-feira nos protestos contra a presença da chanceler alemã em Portugal.

Francisco Louçã falava aos jornalistas no final da VIII Convenção do Bloco de Esquerda, que decorreu desde sábado no pavilhão do Casal Vistoso, em Lisboa. Confrontado com o facto de o porta-voz do PS ter já recusado o desafio do Bloco de Esquerda para que os socialistas rasguem o memorando da 'troika' (Banco Central Europeu, Fundo Monetário Internacional e Comissão Europeia), Francisco Louçã contrapôs que, "em cada dia que estiver em vigor o memorando, haverá mais despedimentos e mais arrogância [da chanceler germânica, Angela] Merkel".

"Portugal está a ser destruído e, por isso, a solução é ou a 'troika' ou Portugal", respondeu, sem visar diretamente a posição assumida pelo porta-voz do PS.