Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

BE quer demissão do executivo e "Governo de esquerda", mas sem PS - João Semedo

Lusa

  • 333

Porto, 03 nov (Lusa) -- Os deputados do BE João Semedo e Catarina Martins defenderam hoje a demissão do Executivo e a eleição de um "Governo de esquerda que rasgue o memorando" com a 'troika', mas recusaram uma aproximação ao PS.

"Estamos muito concentrados em vencer a 'troika', em combater a política de austeridade, de desemprego e de recessão económica. Estamos empenhados - não escondemos isso - em que este Governo seja demitido, porque é um Governo que governa contra o país e contra os portugueses e, por isso, a democracia deve ser chamada a resolver o problema e isso chama-se fazer eleições", afirmou João Semedo.

O deputado falava aos jornalistas no Porto, após ter votado para eleição de delegados à VIII convenção do partido, que decorre a 10 e 11 de novembro, em Lisboa, e onde os bloquistas deverão eleger João Semedo e Catarina Martins como líderes do partido, sucedendo a Francisco Louçã.