Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

BE exige que o Estado tenha o usufruto dos milhões que injeta no BANIF

Lusa

  • 333

Aveiro, 02 jan (Lusa) - O líder parlamentar do Bloco de Esquerda, Pedro Filipe Soares, considerou hoje "incompreensível" a injeção de 1.100 milhões de euros no Banif, substituindo o Estado os acionistas, sem exigir responsabilidades e ter o usufruto.

Pedro Filipe Soares, falando em Aveiro aos jornalistas, criticou a decisão do Governo de se remeter a uma posição de "acionista passivo", quando, "com esta injeção no Banif o Estado será o maior acionista, como no caso do BCP e do BPI, conseguiria ter também a maioria do capital com a injeção que fez".

O líder da bancada do BE diz que "é preciso perceber porque é que o Estado não exige aos acionistas que façam o que têm de fazer, que é meter dinheiro nas suas empresas, e não que seja o Estado a substituir-se aos acionistas" e lembra que "quando foi para distribuir os dividendos, quer do BPI, do BCP ou do Banif, foram os acionistas que ao longo de décadas receberam esses lucros"