Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

BE diz que regime angolano sente "dificuldades" por vigorar em Portugal Estado de direito

Lusa

  • 333

Lisboa, 13 nov (Lusa) - O líder parlamentar do BE, Luís Fazenda, defendeu hoje que o regime angolano, "quando começa a ser dono de parte de Portugal", sente "dificuldades" ao perceber que "ainda funciona o Estado de direito em Portugal".

"Aquilo que o regime angolano está a sentir dificuldades, quando começam a ser dono de parte de Portugal, é que ainda funciona, mal ou bem, o Estado de direito em Portugal. Quando veem algumas das principais figuras investigadas por parte do Ministério Público sentem-se mal. É claro, não são investigadas em Angola, isso faz toda a diferença", afirmou Luís Fazenda.

O líder bloquista falava depois de questionado pelos jornalistas, no Parlamento, sobre o editorial do jornal estatal Jornal de Angola de segunda-feira, em que se afirma que a abertura de um inquérito-crime sobre o envolvimento de altos dirigentes angolanos em crimes de branqueamento de capitais "prejudica as relações entre Portugal e Angola".