Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Bastonário da OTOC critica atraso na divulgação de regras dos duodécimos

Lusa

  • 333

Lisboa, 08 jan (Lusa) -- O bastonário dos oficiais de contas considerou hoje absurdo que as empresas ainda não saibam se terão que pagar duodécimos no final de janeiro, acusando o Governo de não ter resposta para as dificuldades que cria.

"Isto é um absurdo total, estamos a ser governados por rapazes que não sabem o que estão a fazer. Criam as situações e depois não têm qualquer resposta para as implicações que elas têm", criticou o bastonário da Ordem dos Técnicos Oficiais de Contas (OTOC).

Segundo António Domingues de Azevedo, não tem lógica que, a meio de janeiro, as empresas não saibam se, no fim do mês, têm que pagar o duodécimo [do subsídio].