Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Bárcenas: Partido Popular terá financiado oposição da Guiné Equatorial

Lusa

  • 333

Madrid, 17 jul (Lusa) -- O Partido Popular espanhol financiou alegadamente a campanha de Severo Moto, dirigente da oposição da Guiné Equatorial, segundo relatou o ex-tesoureiro do partido Luís Bárcenas, escreve hoje o eldiario.es.

De acordo com a notícia publicada no jornal online espanhol, eldiario.es, Luis Bárcenas, ex-responsável pelas contas paralelas do Partido Popular e envolvido no processo judicial sobre o financiamento ilegal do partido, declarou na segunda-feira perante o juiz Pablo Ruz que o dinheiro do saco azul foi utilizado para financiar a campanha da oposição na Guiné Equatorial.

"Moto era a pessoa que um grupo de mercenários pretendia colocar no poder na Guiné Equatorial pretendendo os patrocinadores benefícios em contratos com o novo Governo", escreve o jornal.