Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Austeridade: Subida da contribuição para a Segurança Social traduz um aumento dos impostos - Miguel Beleza

Lusa

  • 333

Lisboa, 07 set (Lusa) - O aumento da contribuição dos trabalhadores para a Segurança Social, hoje anunciado pelo primeiro-ministro Pedro Passos Coelho, equivale, na prática, a uma subida da carga fiscal, realçou à agência Lusa o economista Miguel Beleza.

"O mais importante é o aumento da contribuição para a Segurança Social dos trabalhadores. Para todos os efeitos, trata-se de um aumento dos impostos, que equivale ao imposto sobre o rendimento", sublinhou o antigo ministro das Finanças.

O primeiro-ministro anunciou hoje que o Governo decidiu aumentar a contribuição dos trabalhadores para a Segurança Social para 18 por cento e descer a contribuição das empresas para o mesmo valor.