Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Austeridade: Patrões e sindicatos dos Açores unidos contra medidas anunciadas pelo Governo

Lusa

  • 333

Ponta Delgada, 12 set (Lusa) -- A Câmara de Comércio e Indústria dos Açores (CCIA), a Associação Agrícola de S. Miguel (AASM) e a UGT/Açores exigiram hoje a "revisão" das medidas de austeridade anunciadas pelo Governo, que consideram ser especialmente penalizadoras para a região.

Numa declaração conjunta divulgada em Ponta Delgada, na sessão pública de apresentação de um manifesto comum em defesa da "sustentabilidade do emprego com organizações competitivas", as duas associações patronais e a central sindical consideram que as medidas anunciadas pelo primeiro-ministro "conduzem a uma brutal diminuição dos salários e pensões", com reflexos numa "redução imediata do consumo privado".

As três organizações defenderam ser necessário, "em diálogo e concertação social, encontrar um conjunto alternativo de medidas de caráter estrutural de racionalização da despesa pública, que permita a implementação de políticas de crescimento económico e social e de criação de emprego sustentável".