Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Augusto Mateus diz que "era preferível" não haver moção de censura

Lusa

  • 333

Viana do Castelo, 26 mar (Lusa) - O ex-ministro da Economia Augusto Mateus admitiu hoje que "era preferível" que o PS não apresentasse uma moção de censura, defendendo antes o entendimento entre o maior partido da oposição e o Governo.

"Talvez fosse preferível não haver [moção de censura]. Talvez fosse preferível haver uma concertação entre os partidos, mantendo as suas diferenças. Sendo diferentes, os partidos podem juntar-se naquilo que são tarefas nacionais", afirmou Augusto Mateus.

O ex-ministro admite que a moção de censura socialista demonstrará, sobretudo externamente, "menos colaboração e aproximação" entre os partidos que devem executar o programa de assistência financeira internacional a Portugal.