Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Arquivamento inquérito a vice-PR de Angola foi decisão "política" -- Rafael Marques

Lusa

  • 333

Luanda, 17 nov (Lusa) - A decisão de arquivamento do inquérito ao vice-Presidente de Angola, decidido pelo Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP), foi uma decisão "política", disse hoje à Lusa o jornalista e ativista Rafael Marques, assistente no referido inquérito.

"O despacho de arquivamento do processo é claro. É um contributo político ao desanuviamento das relações entre os poderes dos dois países, que comungam do mesmo interesse em pilhar Angola", disse Rafael Marques à Lusa.

O jornalista, que recebeu no passado dia 08 em Berlim o prémio "Integrity Award" atribuído pela Transparency International, uma organização que promove o combate à corrupção, acrescentou à Lusa que na qualidade de cidadão angolano vai "continuar a defender os direitos e interesses comuns" do povo angolano "noutros fóruns".