Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Ajuda Externa: 'Troika' quer medidas urgentes para combater desemprego jovem

Lusa

  • 333

Lisboa, 04 jun (Lusa) - A 'troika' considera urgente que o Governo tome mais medidas para melhorar o funcionamento do mercado de trabalho, e medidas mais imediatas para combater o "desemprego excecionalmente elevado", em especial entre os jovens.

No comunicado onde dá conta da aprovação dada na quarta revisão ao programa português, a missão conjunta do Fundo Monetário Internacional, Comissão Europeia e Banco Central Europeu sublinha desde logo que o "crescimento do desemprego requer a tomada de políticas decisivas", reconhecendo que este crescimento da taxa faz parte do ajustamento, mas está a ser exacerbado pela rigidez do mercado laboral.

"Desemprego temporariamente mais elevado faz parte da transição para uma economia mais orientada para as exportações, mas o seu crescimento tem sido exacerbado pela rigidez de longa data do mercado laboral de Portugal", destaca a 'troika' em comunicado.