Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Ajuda externa: Governo acabou por concordar com meta do défice de 4% em 2014 - FMI

Lusa

  • 333

Lisboa, 13 nov (Lusa) - O Fundo Monetário Internacional (FMI) afirmou hoje que o Governo pretendia uma flexibilização da meta do défice de 4% para 2014, mas "aceitou" que o cumprimento do objetivo acordado "era crítico para sinalizar o seu compromisso contínuo com as reformas".

No seu relatório sobre a oitava e nova revisões ao Programa de Assistência Económica e Financeira (PAEF) de Portugal, hoje divulgado, lê-se que as discussões se focaram nas medidas que seriam necessárias para manter o programa no caminho certo e que face ao estreito caminho existente de acesso completo aos mercados, houve acordo de que "aderir à estratégia do programa era fundamental para sinalizar um compromisso com as reformas e aumentar a confiança".

Assim, prossegue o relatório, "as metas orçamentais foram reafirmadas e foram identificadas as medidas adicionais para alcançar essa meta".