Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Administrador da Naval SAD acusa jogadores de terem tido uma posição ilegal

Lusa

  • 333

Figueira da Foz, 15 abr (Lusa) - Mário Paiva, administrador executivo da SAD da Naval 1.º de Maio, considerou hoje ilegal a posição assumida pelos jogadores do clube da II Liga de futebol, que se recusaram a treinar, devido a salários em atraso.

"Os jogadores sabem que têm direitos, mas também deveres e obrigações, e a sua recusa de treinar consideramo-la como uma greve aos treinos sem que tenha sido acionado o pré-aviso de greve. A SAD vai proceder à análise da situação, pelo que o clube irá tomar as providências que entender", argumentou.

Os futebolistas da Naval 1.º de Maio recusaram hoje treinar, como forma de protesto contra os quatro meses de salários em atraso e ausência de esclarecimentos por parte de responsáveis do clube da II Liga.