Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

2012: Função pública ficou sem subsídios e fatura do IVA disparou

Lusa

  • 333

Lisboa, 12 dez (Lusa) -- A suspensão dos subsídios de férias e de Natal dos funcionários públicos e pensionistas e o aumento do IVA através da passagem de vários bens e serviços para a taxa de 23% marcam o ano 2012 em matéria de austeridade.

A linha de austeridade já vem sendo seguida pelo menos desde 2010, mas o primeiro ano completo do Governo da coligação PSD/CDS-PP liderado por Pedro Passos Coelho e com o primeiro Orçamento do Estado desta legislatura ficam marcados por um conjunto de medidas especialmente gravosas para as famílias.

O ano de 2012 fica desde logo marcado por ser o primeiro em que os subsídios de férias e de Natal foram retirados aos trabalhadores de todas as entidades que integram as administrações públicas e pensionistas com rendimentos acima dos 1.100 euros mensais, sendo que aqueles com vencimentos entre os 600 e os 1.100 euros sofrem um corte progressivo.