Jornal de Letras

Siga-nos nas redes

Perfil

Futre, Oceano e Artur Jorge cronistas do JL

Letras

  • 333

Paulo Futre na redação do JL

MENTIRA DE PRIMEIRO DE ABRIL Paulo Futre, Artur Jorge, Oceano Cruz, Professor Neca e Michel Preud'Homme são alguns dos novos cronistas do JL. Através da aquisição de personalidades do mundo do futebol, o JL pretende alargar a cultura a novos públicos. O poeta e ex-treinador de futebol Artur Jorge, com vários livros de poesia publicados, foi um dos grandes impulsionadores: "O projeto serve para combater junto da opinião pública a ideia de que a malta do futebol não sabe fazer mais nada senão andar aos pontapés na bola". Paulo Futre, que ficou como uma espécie de coordenador editorial do projeto, afirma: "Se individualidades ligadas à cultura, como Francisco José Viegas, António-Pedro Vasconcelos, João Braga ou Sérgio Godinho não se abstêm de fazer comentários desportivos, por que motivo os profissionais do futebol não hão de escrever sobre cultura?" Assim, a partir do próximo número do JL, Artur Jorge deverá ter um espaço de crítica literária alternando com Maria Alzira Seixo e Carlos Reis. Oceano Cruz terá uma rubrica sobre teatro. Paulo Futre falará sobre os filmes da sua vida. Professor Neca e Michel Preud'Homme terão um espaço de crónica, em alternativa a Valert Hugo Mãe e Jorge Listopad. Já se conhecem alguns dos temas abordados. O Professor Neca falará sobre "Ser Igual a si Próprio - As Questões da Identidade no Futebol e nas Artes do Século XXI", Michel Preudhomme, o ex-guarda redes do Benfica, vai escrever sobre "Dissertações e efabulações em torno de A Angustia do Guarda-Redes no Momento do Penálti, de Peter Handke", já Artur Jorge fará um artigo de fundo com o título "Eu Vou à Bola com Lobo Antunes", fazendo uma análise crítica da obra completa do autor de Memória de Elefante. Futuramente outras personalidades do mundo do futebol se juntarão à 'equipa'.