Visão Solidária

Siga-nos nas redes

Perfil

Facebook leva a internet a zonas remotas de África

Atualidade

Imagem de arquivo

Reuters

O anúncio foi feito pelo fundador da rede social, Mark Zuckerberg, na sua página pessoal

Como não poderia deixar de ser, foi através da sua página de Facebook que Mark Zuckerberg anunciou o lançamento de um satélite, no próximo ano, que irá fornecer internet a zonas remotas de África, a partir do espaço.

A iniciativa resulta de uma parceria com a empresa francesa Eutelsat que está a ajudar a construir o satélite AMOS-6, que irá permitir o acesso à rede à população da África subsariana.

"Vamos trabalhar com parceiros locais nessas regiões para ajudar as comunidades a começarem a ter acesso a serviços na internet providenciados via satélite", escreveu o fundador do Facebook.

Mark Zuckergerg já tinha anunciado no ano passado a intenção de fazer chegar a internet às regiões mais remotas do mundo. Ainda em 2014 lançou a aplicação móvel internet.org que garantia o acesso gratuito a serviços básicos de internet como o acesso ao Google, Wikipédia e ao próprio Facebook, além de páginas de serviços de cada país.

De acordo com os números da rede social, mais de 85% da população mundial vive em áreas com cobertura de rede para telemóveis, mas apenas 30% acedem à internet, ou seja, dois terços da população mundial continua offline.