Visão Sete

Siga-nos nas redes

Perfil

  • Go Skateboarding Day: Cascais encheu-se de 'vibe'

    Sair

    No Dia Mundial do Skate, celebrado esta quarta, 21, centenas de praticantes da modalidade reuniram-se em São João do Estoril, para o primeiro Go Skateboarding Day Cascais. A iniciativa, organizada pelos concessionários do skatepark Parque das Gerações, incluiu um downhill, demonstrações de técnica, um churrasco e ainda os concertos das bandas locais Escorraçados e Beez. Veja os vídeos

  • Desligar em tons de verde: os 15 alojamentos mais ecológicos do País

    Escapar

    Em exclusivo para a VISÃO Se7e, a associação ZERO elaborou um ranking dos hotéis mais sustentáveis do País. Aqui respeita-se a tradição local e a paisagem envolvente, evita-se o desperdício e a produção industrial e, também por isso, se respira mais fundo

    Filipa Martha Couto, Florbela Alves, Inês Belo, Miguel Judas, Sara Belo Luís, Sónia Calheiros, Susana Lopes Faustino e Vânia Maia

  • A pensar nos fins de semana prolongados que aí vêm, reunimos seis sugestões de passeios para um merecido descanso. Do Minho ao Algarve – com paragem em Lamego, Ponte de Lima, Mértola, Grândola, Ourém e Aljezur –, escolha o destino e saiba onde dormir, o que visitar e onde comer

  • Correr, dançar, pedalar ou escalar é bom, mas ainda melhor é fazê-lo “comme il faut”. Para que nada falte na hora do treino, aqui fica um roteiro das principais lojas de desporto de Lisboa e do Porto. Dos caiaques neozelandeses da Yupik ao “material de qualidade” da velhinha (e resistente) Casa Senna

  • São lojas de designers, cheias de tecidos e de materiais mais ou menos vulgares, de traços e de desenhos diferentes, de cortes e de costuras de autor. Roupa, sapatos, acessórios, tudo pensado em português e, por isso, orgulhosamente “made in Portugal”

  • Aqui se reúnem sete restaurantes de Lisboa, Porto e arredores onde a cozinha das várias regiões de Itália é genuína e vai muito além do spaghetti e das pizzas. Da Ligúria à Sicília, passando pela Toscânia e pela Campânia. No final da refeição, é caso para soltar um molto buono

  • Ceviche, causa e lomo saltado. Ají, lima e quinoa. Tudo pratos e ingredientes da cozinha do Peru que, nos últimos tempos, muito se tem difundido por cá. Roteiro, em Lisboa, por este sabor que vem dos Andes

  • Uns ficam-se pelos croissants, iogurtes e ovos. Outros mais parecem banquetes, com sopas, saladas e pratos principais. Uns e outros querem-se sem pressas, gozando a preguiça e as horas que, durante a semana, não existem. Roteiro dos novos “brunches” de Lisboa e do Porto

  • A reabilitação urbana das duas freguesias mais orientais do Porto está longe de ficar concluída. A recuperação do antigo Matadouro Industrial ainda nem começou e já há novos projetos em Bonfim e Campanhã: galerias de arte, cafés, companhias de teatro e passeios turísticos fazem desta zona esquecida a mais emergente da cidade

  • Música, teatro, exposições, serões de contos, bailes para dançar, conversas e “workshops”. Ainda em maré de rentrée, os sete novos sítios que, em Lisboa e no Porto, vale a pena ir conhecer. A porta está (quase) sempre aberta

  • Prova-se Moscatel, tortas, esses e queijo amanteigado. Admiram-se os palácios e passeia-se nas vinhas das quintas. Do passado a preservar ao que há de novo na vila, assim se descobre Azeitão. Com os olhos sempre postos na serra da Arrábida

  • Em tempo de uvas e vindimas, um roteiro pelos 10 novos wine bars de Lisboa e do Porto. Lugares onde tudo gira à volta dos tintos, dos brancos e dos rosés, onde se come e bebe moderadamente (ou talvez não...) e onde, afinal, o mundo parece caber numa só prova

  • Entre restaurantes, hotéis, wine bars, passeios de jipe, um teleférico e o tradicional prato de milho cozido que se está a recuperar, aqui se reúnem 14 razões para regressar à cidade e às redondezas. Porque a Madeira ainda é um jardim e, mesmo depois do incêndio, a vida continua

  • Visitámos um convento transformado em hotel, conhecemos dois produtores de vinho Alvarinho, comemos em restaurantes de mesa farta e descobrimos o único museu do cinema do País. Dispensámos o fado e só não fomos a Viana do Castelo, nesta crónica de viagem com nove paragens

  • O bolo lêvedo com que se faz o preguinho da ilha, a manteiga Rainha do Pico e a agenda Luz, impressa na última tipografia de São Miguel. Tudo produtos genuínos dos Açores e mesmo à mão de semear em vários locais em Lisboa e no Porto. Um consolo ou, como se diz nas ilhas, “tá consolando”

  • A espetada cuja carne é temperada como manda a tradição, um filete de “espada preta” e um cocktail, nascido num bar de Câmara de Lobos nos idos de 80, que faz concorrência à Poncha. Tudo produtos da Madeira, em vários locais de Lisboa e do Porto

  • Muito mudou no mundo da tatuagem desde que, nos anos 90, abriram os primeiros estúdios, com imagens sugeridas por catálogo. Em Lisboa e no Porto, encontrámos uma nova geração de tatuadores, com ligação às artes e ao desenho, procurados pelo seu traço

  • Quem conhece Guimarães por dentro, identifica um antes e um depois da classificação do centro histórico, pela UNESCO, como Património Mundial da Humanidade. Volvidos 15 anos, o que é que embala o berço?

  • Pouco importa se é moda, revivalismo, saudosismo ou culpa da eletrónica. Novos e velhos, nas lojas e na nova série televisiva de Martin Scorsese, os discos de 33 e de 45 rotações permanecem a tocar nestes gira-discos