Visão Sete

Siga-nos nas redes

Perfil

  • Nasceu em Luanda, estudou em Paris e vive em Lisboa, onde trabalha como assessora de imprensa do Museu Coleção Berardo, dedicando-se também à comunicação de projetos na área da cultura. Aqui partilha “lugares de afeto”, feitos de memórias e de destinos sonhados

  • Um poema de amor, por Núria Madruga

    Ver

    No Dia Mundial da Poesia, que se celebra esta terça, 21, a atriz Núria Madruga diz, em exclusivo para a VISÃO Se7e, o poema Adeus, de Eugénio de Andrade: "Já gastámos as palavras pela rua, meu amor,/ e o que nos ficou não chega/ para afastar o frio de quatro paredes"

  • Para Sergi Arola, o inverno sabe a ouriço, a raia e a pintada

    Comer e beber

    Não é todos os dias que se vê o chefe espanhol Sergi Arola a cozinhar tão perto de nós. Mas foi o que aconteceu no restaurante Lab by Sergi Arola, no Penha Longa Resort, em Sintra, reaberto há duas semanas, depois de um período de férias. Na apresentação da nova carta de inverno, cozinhou, serviu os clientes na sala e ainda interrompeu as suas tarefas para dar dois dedos de conversa com a VISÃO Se7e

  • Aqui se reúnem sete restaurantes de Lisboa, Porto e arredores onde a cozinha das várias regiões de Itália é genuína e vai muito além do spaghetti e das pizzas. Da Ligúria à Sicília, passando pela Toscânia e pela Campânia. No final da refeição, é caso para soltar um molto buono

  • Ceviche, causa e lomo saltado. Ají, lima e quinoa. Tudo pratos e ingredientes da cozinha do Peru que, nos últimos tempos, muito se tem difundido por cá. Roteiro, em Lisboa, por este sabor que vem dos Andes

  • Uns ficam-se pelos croissants, iogurtes e ovos. Outros mais parecem banquetes, com sopas, saladas e pratos principais. Uns e outros querem-se sem pressas, gozando a preguiça e as horas que, durante a semana, não existem. Roteiro dos novos “brunches” de Lisboa e do Porto

  • A reabilitação urbana das duas freguesias mais orientais do Porto está longe de ficar concluída. A recuperação do antigo Matadouro Industrial ainda nem começou e já há novos projetos em Bonfim e Campanhã: galerias de arte, cafés, companhias de teatro e passeios turísticos fazem desta zona esquecida a mais emergente da cidade

  • Música, teatro, exposições, serões de contos, bailes para dançar, conversas e “workshops”. Ainda em maré de rentrée, os sete novos sítios que, em Lisboa e no Porto, vale a pena ir conhecer. A porta está (quase) sempre aberta

  • Prova-se Moscatel, tortas, esses e queijo amanteigado. Admiram-se os palácios e passeia-se nas vinhas das quintas. Do passado a preservar ao que há de novo na vila, assim se descobre Azeitão. Com os olhos sempre postos na serra da Arrábida

  • Em tempo de uvas e vindimas, um roteiro pelos 10 novos wine bars de Lisboa e do Porto. Lugares onde tudo gira à volta dos tintos, dos brancos e dos rosés, onde se come e bebe moderadamente (ou talvez não...) e onde, afinal, o mundo parece caber numa só prova

  • Entre restaurantes, hotéis, wine bars, passeios de jipe, um teleférico e o tradicional prato de milho cozido que se está a recuperar, aqui se reúnem 14 razões para regressar à cidade e às redondezas. Porque a Madeira ainda é um jardim e, mesmo depois do incêndio, a vida continua

  • Visitámos um convento transformado em hotel, conhecemos dois produtores de vinho Alvarinho, comemos em restaurantes de mesa farta e descobrimos o único museu do cinema do País. Dispensámos o fado e só não fomos a Viana do Castelo, nesta crónica de viagem com nove paragens

  • O bolo lêvedo com que se faz o preguinho da ilha, a manteiga Rainha do Pico e a agenda Luz, impressa na última tipografia de São Miguel. Tudo produtos genuínos dos Açores e mesmo à mão de semear em vários locais em Lisboa e no Porto. Um consolo ou, como se diz nas ilhas, “tá consolando”

  • A espetada cuja carne é temperada como manda a tradição, um filete de “espada preta” e um cocktail, nascido num bar de Câmara de Lobos nos idos de 80, que faz concorrência à Poncha. Tudo produtos da Madeira, em vários locais de Lisboa e do Porto

  • Muito mudou no mundo da tatuagem desde que, nos anos 90, abriram os primeiros estúdios, com imagens sugeridas por catálogo. Em Lisboa e no Porto, encontrámos uma nova geração de tatuadores, com ligação às artes e ao desenho, procurados pelo seu traço

  • Quem conhece Guimarães por dentro, identifica um antes e um depois da classificação do centro histórico, pela UNESCO, como Património Mundial da Humanidade. Volvidos 15 anos, o que é que embala o berço?

  • Pouco importa se é moda, revivalismo, saudosismo ou culpa da eletrónica. Novos e velhos, nas lojas e na nova série televisiva de Martin Scorsese, os discos de 33 e de 45 rotações permanecem a tocar nestes gira-discos