Visão Sete

Siga-nos nas redes

Perfil

  • Poetas do Povo, no Cais do Sodré: Há (quase) sete anos a declamar

    Sair

    Os declamadores são atores, músicos, escritores, desafiados por Alexandre Cortez, músico, e Nuno Miguel Guedes, jornalista, a subir ao palco do bar O Povo, no Cais do Sodré, para um noite descontraída em volta da poesia. Os Poetas do Povo são uma das sete moradas, em Lisboa e no Porto, para ouvir poesia que fazem o tema de capa da VISÃO Se7e, esta quinta, 14, nas bancas. Veja o vídeo

  • Das casas apalaçadas da Avenida do Brasil às ruas estreitas da Foz Velha – passeio pela zona mais nobre do Porto, onde os lugares da tradição se juntam com as novidades que, também por ali, não param de aparecer

  • A VISÃO Se7e palmilhou o Parque das Nações ao ritmo dos seus restaurantes e bares, das suas lojas e dos seus jardins. Pelo caminho espreitou o Oceanário, o Pavilhão do Conhecimento e andou no Teleférico. Razões não faltam para rumar ao lugar a que continuamos a chamar Expo

  • Orgulham-se de alimentar a vida de bairro e de conhecer os clientes pelo nome. Nestas mercearias de Lisboa e do Porto, o que está nas prateleiras é também posto à mesa, em pratos criativos, frescos e com muito sabor. Entre o deve e o haver, a contabilidade sai claramente a favor do freguês

  • Ao Quarteirão de Bombarda, no Porto, já não vamos apenas para ver as galerias. Lojas, cafés, mercearias, “guesthouses”, ateliers de artistas e “coworks” dão uma nova vida a estas ruas que até já ganharam um nome. Bem-vindos ao Bairro das Artes

  • A pensar nos fins de semana prolongados que aí vêm, reunimos seis sugestões de passeios para um merecido descanso. Do Minho ao Algarve – com paragem em Lamego, Ponte de Lima, Mértola, Grândola, Ourém e Aljezur –, escolha o destino e saiba onde dormir, o que visitar e onde comer

  • Correr, dançar, pedalar ou escalar é bom, mas ainda melhor é fazê-lo “comme il faut”. Para que nada falte na hora do treino, aqui fica um roteiro das principais lojas de desporto de Lisboa e do Porto. Dos caiaques neozelandeses da Yupik ao “material de qualidade” da velhinha (e resistente) Casa Senna

  • São lojas de designers, cheias de tecidos e de materiais mais ou menos vulgares, de traços e de desenhos diferentes, de cortes e de costuras de autor. Roupa, sapatos, acessórios, tudo pensado em português e, por isso, orgulhosamente “made in Portugal”

  • Aqui se reúnem sete restaurantes de Lisboa, Porto e arredores onde a cozinha das várias regiões de Itália é genuína e vai muito além do spaghetti e das pizzas. Da Ligúria à Sicília, passando pela Toscânia e pela Campânia. No final da refeição, é caso para soltar um molto buono

  • Ceviche, causa e lomo saltado. Ají, lima e quinoa. Tudo pratos e ingredientes da cozinha do Peru que, nos últimos tempos, muito se tem difundido por cá. Roteiro, em Lisboa, por este sabor que vem dos Andes