Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Dominado incêndio que ontem matou bombeira de 22 anos

Sociedade

  • 333

O incêndio na Serra do Caramulo provocou esta quinta-feira a morte de uma bombeira da Corporação de Alcabideche, e deixou outros nove bombeiros feridos, foi dado como dominado esta sexta-feira, embora ainda esteja a ser combatido por 217 operacionais

De acordo com a página da internet da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC), o fogo foi dado como dominado às 08h32, depois de mais de 60 horas de combate, durante o qual uma bombeira morreu e um outro ficou gravemente ferido.

Segundo o comandante operacional distrital de Aveiro, José Bismarck, a bombeira integrava um grupo de Lisboa que ficou cercado pelo fogo. José Bismarck referiu que os bombeiros estavam a combater as chamas em Pedronhe, num local onde se tinha registado uma reactivação.

"Estavam todos com uma linha de água e houve qualquer fenómeno em que vários bombeiros que estavam na mesma linha foram apanhados pelo fogo", contou, acrescentando que houve ainda viaturas danificadas, mas "pouca coisa".  

Além da vítima mortal, há ainda a registar nove bombeiros feridos. Segundo a Rádio Renasnceça, um deles teve mesmo de transportado num helicóptero do INEM para os Hospitais da Universidade de Coimbra.  

O incêndio deflagrou às 00h25 de quarta-feira, em Silvares.

Às 09h00 desta sexta-feira, estavam ativos outros seis incêndios, que mobilizavam mais de 650 operacionais.