Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Como hora a que se almoça pode arruinar uma dieta

Sociedade

  • 333

Getty Images

Entre mais de 400 voluntários, todos a tentar emagrecer, todos a comer os mesmos alimentos, a dormir as mesmas horas e a fazer os mesmos exercícios,  uns perderam mais cerca de quatro quilos que os outros: Os que almoçavam mais cedo

Um estudo de uma equipa da Universidade espanhola de Murcia, em colaboração com investigadores norte-americanos de Harvard vem reforçar a teoria de que para emagrecer não basta olhar ao que se come, mas também (ou sobretudo?) quando se come.

Um grupo de 420 pessoas (metade homens, metade mulheres), a tentar perder peso, foi submetido à mesma dieta e ao mesmo tipo de exercício físico, descansando também por igual período de tempo. Aqueles que tomavam a principal refeição do dia antes das 15h00 conseguiram reduzir 12% do seu peso, face aos 8% alcançados pelos que almoçavam depois dessa hora. Traduzindo, são cerca de quatro quilos de diferença, em média.

Ao jornal espanhol El Mundo, uma das investigadoras envolvida neste estudo, Marta Garaulet, considera que este "é um dado importante, que temos de continuar a estudar".

O trabalho, que acaba de ser publicado na revista  International Journal of Obesity, do grupo da prestigiada Nature, analisou também alguns dos genes que a comunidade científica relaciona com a obesidade e o funcionamento do "relógio" interno, tendo observado que os voluntários que comiam mais tarde tinham também a variante genética que tem sido ligada, em estudos anteriores, a indivíduos mais "vespertinos": "deitam-se mais tarde, dormem pior, têm mais tendência para a obesidade", conforme explica Garaulet.