Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Bi-campeão olímpico condenado a cinco anos de prisão por violação de aluna

Sociedade

  • 333

O japonês Masato Uchishiba, duplo ouro olímpico no judo em Atenas (2004) e Pequim (2008), foi condenado a cinco anos de prisão em Tóquio, ao ser declarado culpado de violar uma aluna menor de idade, em 2011

Segundo a acusação, Uchishiba, de 34 anos, aproveitou-se sexualmente de uma das judocas que treinava no quarto de um hotel da capital nipónica, enquanto esta se encontrava inconsciente e em estado de embriaguez.

O acusado, que ganhou as duas medalhas de ouro na categoria de 66 quilos e se tinha declarado inocente, alegou em sua defesa que as relações com a aluna, pertencente ao clube de judo de uma universidade em Kyushu, no sul Japão, ocorreram com o seu consentimento.