Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

O que é pansexualidade, de que se ouve falar cada vez mais?

Sociedade

Getty Images

O termo pansexualidade já é usado há algum tempo mas as diversas celebridades a admitir recentemente a pansexualidade fizeram aumentar a curiosidade sobre o tema, e disparar o número de pesquisas no Google. Ao que parece ainda existem muitas dúvidas. Afinal, o que é ser pansexual?

O termo "pansexual" ("pan" em grego, significa "todos") é utilizado para descrever a atração por pessoas de todos os géneros. Ao contrário dos bisexuais, que sentem atração apenas por dois tipos de géneros diferentes, os pansexuais definem-se como "cegos aos géneros", ou seja, homens, mulheres, transexuais, queers, não binários, e todos os outros, atraem os pansexuais exatamente da mesma maneira.

O termo ganhou popularidade depois de várias figuras públicas terem assumido publicamente a pansexualidade, entre elas Grace Jones, Miley Cyrus, Kristen Stewart, Janelle Monáe, Kesha, Sia e, mais recentemente, Bella Thorne. Em entrevista ao Good Morning America, a atriz de 21 anos, admitiu a falta de conhecimento sobre o termo e contou que só percebeu que era pansexual, depois de alguém lhe ter explicado "detalhadamente" o significado.

Na verdade, os pansexuais são, muitas vezes, identificados inicialmente como bissexuais. A terminologia: bi que significa “dois” e pan que significa “todos”, sugere uma clara diferença entre as pessoas que são atraídas por dois géneros e aquelas que são atraídas por pessoas de todas as identidades de género. Contudo, nem todos entendem a bissexualidade da mesma maneira. Joanna Whitehead, jornalista especializada em questões LGBT, explica que enquanto alguns se referem à bissexualidade como a atração sexual por homens e mulheres, outros consideram bissexuais todos aqueles que não são atraídos sexualmente por um género específico.

Kristen Stewart, atriz da saga Crepúsculo, admitiu, numa entrevista, que não se conforma com os rótulos binários quando se trata de definir a sexualidade. "Eu acho que em três ou quatro anos, vai haver muito mais pessoas que não acham que é necessário descobrir se são gay ou heterossexual". "Com quem estou não tem nada a ver com o seu sexo - sou super aberta, pansexual, sou simplesmente eu própria", explicou também a cantora Miley Cyrus. Sia esclareceu igualmente as dúvidas relativas à sua sexualidade: "Não me importa o sexo, é sobre pessoas. "Eu não me assumi recentemente, só recentemente é que fiquei famosa! Eu sempre fui... bem, flexível é a palavra que eu usaria", afirmou.