Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

O vício do café, afinal, é genético

Sociedade

  • 333

É viciado em café? Fique a saber que culpa é do PDSS2

Tem o estranho nome de PDSS2, mas apesar de passar despercebido para a maioria, é o gene que diariamente nos leva a beber mais ou menos café.

Segundo uma equipa da universidade italiana de Trieste, este gene regula a produção de proteínas que metabolizam a cafeína no corpo. As pessoas com um nível mais elevado de PDSS2 metabolizam mais devagar a cafeína, por isso têm menos necessidade de consumir café. Ou seja, os viciados nesta bebida têm níveis mais baixos do gene e, por isso, precisam de beber mais café para obter os efeitos positivos da cafeína, como sentirem-se mais acordados.

Esta equipa acredita que este gene é, também, responsável pelas diferentes reações das pessoas ao mesmo medicamento. Se, de manhã, sair a correr para beber um café, já sabe, a culpa é dos genes.