Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Obama iniciou ronda de negociações para resolver crise orçamental

Mundo

  • 333

O Presidente dos Estados Unidos iniciou uma ronda de reuniões à porta fechada com líderes do Congresso para alcançar uma solução para a crise

Obama reuniu-se na Casa Branca com os líderes democratas da Câmara de Representantes e hoje deverá reunir-se com os republicanos e com a bancada democrata do Senado, no âmbito de uma ofensiva política para contrariar a paralisação parcial da Administração, que considera ser "completamente desnecessária", e conseguir o aumento do teto da dívida.

A Casa Branca indicou em comunicado que, durante a reunião de cerca de uma hora, Obama agradeceu o apoio dos democratas a um orçamento temporário livre de condições para restabelecer as operações das agências federais e "pôr fim à dor desnecessária" causada pela paralisação da Administração.

Países da América Latina exigem fim da crise

Os ministros da Economia da América Latina e Caribe exortaram na quarta-feira os Estados Unidos, a maior economia mundial, a resolver a crise orçamental que enfrenta e evitar efeitos colaterais potencialmente devastadores na região.

Os ministros latino-americanos expressaram a sua preocupação ao secretário do Tesouro norte-americano, Jack Lew, durante uma reunião dos titulares da Economia do continente em Washington organizada pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

Nesse encontro foi feito um "apelo às autoridades económicas e políticas dos Estados Unidos para alcançarem um consenso", disse em conferência de imprensa o ministro colombiano, Maurício Cárdenas, que presidiu a reunião.