Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

O resgate na Tailândia, agora na perspetiva de um dos mergulhadores

Mundo

Reprodução Facebook MIkka Paasi

Um instrutor de mergulho finlandês que participou no resgate das crianças tailandesas foi partilhando no Facebook os esforços das equipas de salvamento em imagens que ilustram bem a dificuldade da operação

Mikka Paasi é natural de Helsínquia, Finlândia, mas vive na Tailândia e juntou-se à operação de resgaste dos 12 jovens e do seu treinador que ficaram presos numa gruta no dia 23 de junho.

Na terça-feira, já com todos a salvo, partilhou no Facebook uma foto com outros dois mergulhadores, onde se declara "agradecido" e cita que "aqueles que dizem que não pode ser feito não devem interromper os que estão a fazê-lo". "Os 13 miúdos cá foram sãos e salvos!", termina.

Nos dias anteriores, o instrutor de mergulho partilhou várias imagens da operação de resgate, que sempre reuniram dezenas de milhares de "gostos", comentários e partilhas, como estas, de sábado, quando se dizia "entre a espada e a parede":

Na sexta-feira, mostrava a parafernália de equipamento enquanto a sua equipa se preparava para mergulhar: