Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Detido intermediário do esquema fraudulento de emails da Nigéria

Mundo

O sexagenário foi detido na sequência de uma investigação de 18 meses sobre a fraude do "príncipe da Nigéria", um dos mais antigos esquemas a circular por e-mail para extorquir dinheiro

As autoridades de Nova Orleães detiveram um homem de 67 anos, alegadamente intermediário num esquema conhecido como "o príncipe da Nigéria". Michael Neu enfrenta a acusação de 269 crimes de fraude e um de branqueamento de capitais.

O esquema têm já múltiplas variações, mas, na mais comum, as vítimas recebem um email cujo remetente se identifica como um representante de um príncipe ou de alguém poderoso da Nigéria, que ficou temporariamente sem acesso ao seu dinheiro e que precisa da sua ajuda. Essa ajuda implica pagar as taxas ou os impostos necessários para desbloquear essa situação e será, garante o email, generosamente recompensada através de uma transferência avultada de dinheiro para a conta da vítima.

A quem responde a este primeiro contacto podem mesmo chegar a ser enviados documentos de aspeto "oficial", de forma a incentivar a continuação da "ajuda".

"A maioria das pessoas ri-se da ideia de cair numa fraude destas, mas as autoridades relatam perdas anuais de milhões de dólares devido a estes esquemas", diz um relatório da polícia, citado pela Associated Press.

O homem agora detido é suspeito de agilizar estas transferências das vítimas para os seus parceiros de fraude.