Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Pelo menos 74 pessoas ficaram feridas no incêndio de Londres

Mundo

Neil Hall / Reuters

O Serviço de Ambulâncias de Londres confirma que 74 pessoas receberam cuidados médicos, sendo que 20 estão em estado crítico, na sequência do incêndio na Torre Grenfell

O Serviço de Ambulâncias de Londres divulgou hoje que 74 pessoas estão a receber cuidados médicos, 20 das quais estão em estado crítico, após ficarem feridas no incêndio que atingiu a Torre Grenfell, no oeste de Londres.

Paul Woodrow, o chefe de operações, disse que 20 desses pacientes estão em estado crítico, referindo que as vítimas estavam a ser tratadas de uma série de lesões e inalação de fumaça.

A polícia disse que seis pessoas morreram no incêndio, que começou depois da meia-noite de quarta-feira na Grenfell Tower, zona próxima de Notting Hill.

Pelo menos seis pessoas morreram e dezenas foram transportadas para os hospitais após o incêndio que hoje de madrugada consumiu um prédio de habitação social em Londres, um balanço provisório que pode aumentar, informou a polícia londrina.

O edifício tem 120 habitações onde se estima que moram cerca de 500 pessoas, muitas delas jovens famílias.

Duas crianças portuguesas estão internadas, mas fora de perigo, enquanto os pais foram assistidos, mas estão bem, segundo disse à Lusa fonte da Secretaria de Estado das Comunidades.

Um total de 10 portugueses residiam em três apartamentos do prédio, e todas estão bem à exceção das duas crianças.