Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Iniciativa da DECO atrai mais de 360 mil consumidores

Economia

  • 333

Por dia, são cerca de 12 mil os consumidores que se associam à iniciativa da DECO, que pretende negociar directamente com os fornecedores, melhores preços de eletricidade

A iniciativa da Deco está aberta desde 25 de Fevereiro, e já conta com mais de 360 mil pessoas registadas, uma média de 12 mil por dia.

Em declarações à Lusa a responsável pelas relações institucionais da Deco, Rita Rodrigues, disse que a expetativa era de "uma elevada adesão", por se tratar de "uma iniciativa inovadora e sem risco para o consumidor".

A campanha que se iniciou há um mês com o mote "juntos pagamos menos" pretende que os clientes de eletricidade adiram à iniciativa até dia 30 de Abril, altura em que a Deco fará um leilão pelo preço mais barato junto dos operadores de mercado como a EDP, Endesa, Galp ou Iberdrola.

A intenção desta iniciativa é "responder a uma preocupação crescente dos consumidores relativamente aos custos da eletricidade". Segundo a DECO, só o poder coletivo de milhares de consumidores é que alcança a mudança. Quantas mais pessoas se juntarem à iniciativa, mais fácil será para a empresa negociar melhores condições do mercado. 

A iniciativa tem por objetivo fazer um negócio direto entre o conjunto de consumidores (que aderiram) e os fornecedores de energia - na negociação de preços mais baixos de eletricidade.

O leilão está marcado para dia 2 de maio, depois de definidos os operadores vencedores por cada tarifário, e altura em que será apurado o vencedor com o preço mais baixo.

Os consumidores que aderiram à campanha passarão, se assim o desejarem, a ter as condições de preço resultantes do leilão.

A instituição adianta que "é a primeira vez que um leilão de eletricidade ocorre em Portugal, mas a experiência de países como a Alemanha, a Bélgica, a Holanda e a Inglaterra mostra que é uma forma de conseguir boas poupanças para os consumidores".