Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

BCE só comprará dívida de Portugal daqui a um ano

Economia

  • 333

O presidente do Banco Central Europeu, Mario Dragui, anunciou programa de compra de dívida soberana "sem limites", mas esclareceu que este mecanismo só deverá comprar dívida pública de Portugal quando o país tentar voltar aos mercados, em setembro de 2013

O Banco Central Europeu (BCE) anunciou hoje um programa de "Transações Monetárias Diretas" para a aquisição de obrigações de países da zona euro no mercado secundário de dívida soberana, num montante "sem limites".

O presidente do BCE, Mario Draghi, disse que este programa de "Transações Monetárias Diretas" ("Outright Monetary Transactions", na expressão em inglês) se destinará a obrigações entre um e três anos, ou de maturidades mais longas mas que vençam num prazo até três anos.

Estas aquisições, acrescentou Draghi, estarão sujeitas a "condicionamentos rigorosos".

O presidente do Banco Central Europeu (BCE), Mario Dragui, esclareceu, depois, que o novo mecanismo só deverá comprar dívida pública de Portugal quando o país tentar voltar aos mercados, em setembro de 2013.

O líder do BCE, foi questionado diretamente pelos jornalistas sobre se o novo programa estaria operacional e pronto a comprar dívida pública de Portugal e da Irlanda imediatamente, e de Espanha no final do mês.

Na resposta, o presidente do BCE sublinhou que está nas mãos dos respetivos governos mas que a dívida destes países é elegível para efeitos deste programa, mas que tal só acontecerá "quando tentarem recuperar acesso ao mercado de dívida", que no caso de Portugal, sem o apoio completo da 'troika', está previsto para o setembro de 2013.

BCE não mexe nos juros

O Banco Central Europeu (BCE) manteve hoje a sua taxa de juro diretora nos 0,75 por cento, contrariando a expectativa da maioria dos analistas.

As taxas de juro da zona euro já se encontram atualmente em mínimos históricos. Ao início da tarde (13:30 de Lisboa), o presidente do BCE, Mario Draghi, deverá anunciar em conferência de imprensa outras medidas que o banco de Frankfurt tenciona tomar para combater a crise financeira.

Uma dessas medidas poderá ser novas compras de títulos de dívida de países em dificuldades pelo BCE.