Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Rodrigo Guedes de Carvalho lança-se aos discos, com a voz de Isabelinha

Cultura

Luísa Oliveira

O primeiro single do projeto musical do jornalista Rodrigo Guedes de Carvalho acaba de ser lançado - Se foi Amor, na voz de Isabelinha, é o aperitivo para o álbum Xave, que sairá em abril

Passavam 11 minutos das sete da manhã, quando, hoje, dia 1 de fevereiro, na Rádio Comercial, se estreou a música Se Foi o Amor. Ao fim de um ano de trabalho, ouvia-se então o primeiro single de Xave, o álbum que, em abril, resultará de um sonho de adolescente do jornalista da SIC, Rodrigo Guedes de Carvalho.

"Isto não é um disco. Isto sou eu a dobrar, finalmente, um cabo que me parecia intransponível. A iniciar uma viagem que adiei o tempo de quase toda uma vida", é assim que o pivot do Jornal da Noite se apresenta neste seu novo papel de autor de letras de música e compositor (depois de já ter escrito peças de teatro, filmes e seis romances).

Escrever foi-lhe mais ou menos natural, pois de uma forma ou de outra, é o que tem vindo a fazer ao longo dos seus 55 anos de vida. Mais difícil poderia ter sido encontrar uma voz que preenchesse aquilo que expressava através das suas letras. Não fora um dia ter ido a uma casa de fados com a família e ter-se espantado com a interpretação da cantora Isabelinha, de apenas 28 anos. Desde esse dia, já longínquo, os dois formaram uma dupla que, trabalhando em segredo, levaria este projeto avante.

A equipa ficou completa com Ruben Alves, ao piano e nos arranjos, Tiago Derriça, fazendo arranjos de cordas, Joana Alves Amorim e Miguel Faria de Vasconcelos nos violinos, Johann Pereira, na viola, e Tiago de Sousa Derriça ao violoncelo.

Até abril, data do lançamento do álbum Xave (porque para Rodrigo, Isabelinha é "xave que avançou sem medo para a porta que parecia fechada"), sairão mais dois singles para que o apetite esteja ao rubro quando servirem o prato principal. Entretanto, este Se Foi Amor já está disponível em todas as plataformas digitais.