Mais na Visão

Legislativas 2022

O bom, o mau e o vilão: em Leiria, Rui Rio volta a criticar campanha "pela negativa" do PS e rejeita acusações de Costa de ser "próximo" do Chega

Em Leiria, Rui Rio aproveitou para dramatizar o tom, acusando os "homens do marketing" do PS de terem criado uma campanha feita de "mentiras" e "medos", com o objetivo de manterem António Costa no poder. "Eu recusaria isto", disse o líder do PSD, tentanto traçar diferenças – antes de voltar a distanciar-se do Chega. Do discurso oficial (de paz), só o ex-socialista Henrique Neto destoou

Legislativas 2022

Jerónimo de Sousa quer “emendar” um PS “ansioso por ter as mãos livres” e por correr para os braços da “direita maquilhada”

No dia em que regressou à campanha, depois de uma cirurgia, o secretário-geral comunista rumou a Évora para um comício onde encostou António Costa às cordas e começou a contar os deputados de que precisa numa futura bancada para impedir os socialistas de se virarem para a direita, que “não queremos que entre nem pela porta, nem pela janela”

Legislativas 2022

Porto "aferroado" dá gás a António Costa, "o quinto beatle"

O PS mais ferrenho do Porto juntou-se ao líder na mítica Rua de Santa Catarina. Não faltou o habitual “até os comemos!” nem o humor do ministro Matos Fernandes a legendar os momentos do líder em modo…rock star

LD Linhas Direitas
Linhas Direitas

Nem Rio, nem Putin

Mas se Putin não avança, será que Rio consegue? Não invadir a Ucrânia, claro, mas ganhar as eleições, no domingo? Pois. Não parece. Já foi tempo. E oportunidade

Legislativas 2022
Exclusivo

Rui Rio e António Costa no duelo final: O que os distingue na hora de mandar

António Costa preza equipas com quem tem afinidades programáticas e pessoais e valoriza o conhecimento académico e científico. Rui Rio nunca decide emocionalmente e privilegia a palavra “não”. Como trabalham, como lideram e quem os influencia. Os pontos onde podem entender-se e os que os separam. E como e com quem pretendem formar governo

Elefante na Sala

Joana Marques e o Elefante na sala: O voto do isolado

Sócrates garantiu estar ao lado dos socialistas, mas a mim parece-me estar atrás, como quem empurra o colega que está receoso de mergulhar da prancha mais alta da piscina

Legislativas 2022
Exclusivo

As áreas onde PS e PSD se podem entender – e quais as propostas que são completamente incompatíveis

Entendimentos e desacordos entre socialistas e sociais-democratas

Atualidade

Jovens e séniores na mira dos investidores imobiliários

As residências séniores e de estudantes são a nova coqueluche dos investidores imobiliários. Nos próximos três anos vão surgir mais de uma centena de novos edifícios para estes dois grupos e milhares de camas

Mundo

Hospital rejeita homem para transplante de coração porque não está vacinado contra a Covid-19

A família garante que se o paciente tomar a vacina corre perigo de vida. O hospital diz que a vacina é um requisito para que haja um maior sucesso no pós-cirurgia

Visão Saúde
VISÃO Saúde

Covid-19: Portugal já está em endemia e deve voltar à normalidade

Portugal já entrou na fase de endemia de covid-29 e deve voltar à normalidade, protegendo os grupos de risco e acabando com o uso generalizado de máscara e com os isolamentos, defendeu hoje o virologista Pedro Simas

Mundo

Covid-19: ECDC prevê maioria de cidadãos da UE imunes na primavera e baixa transmissão

O ECDC estima que a maioria dos europeus tenha imunidade por infeção ou vacinação até à primavera ou verão, admitindo consequentes baixas taxas de transmissão e passagem para endemia

Legislativas 2022

Legislativas: Jerónimo, “aqui de novo e sempre”, voltou à rua. Recebeu cravos e queixou-se dos espinhos das rosas socialistas

No tão aguardado regresso do secretário-geral comunista à campanha eleitoral, depois de uma cirurgia de urgência, Jerónimo de Sousa apostou as fichas todas no apelo ao “voto útil”. Pois, “a correlação de forças na Assembleia da República conta”, disse, numa arruada na Baixa da Banheira, Moita, em que criticou António Costa por dar o dito por não dito e se virar para a direita, quando a esquerda quer investir em “soluções concretas”