“A nossa costa é das mais apetecíveis da Europa para a eólica offshore e a energia das ondas”

“A nossa costa é das mais apetecíveis da Europa para a eólica offshore e a energia das ondas”

Em entrevista à VISÃO, Ricardo Serrão Santos fala sobre o potencial do mar, os problemas que afetam os oceanos e os sucessos e frustrações de um mandato – que agora termina – à sombra da Covid

Os oceanos são das maiores vítimas dos nossos excessos. Que diagnóstico faz do estado do mar?
Há uma situação de crise global nos oceanos. Falamos muito das questões da pesca e da poluição por plásticos, mas os problemas invisíveis são também muito preocupantes: a acidificação das águas, a desoxigenação, que está a causar um aumento das zonas mortas, a contaminação com medicamentos e a expansão térmica do oceano, que leva à subida do nível do mar. Mas, no meio disto tudo, têm-se visto sucessos fortes – na gestão de stocks de pescado, por exemplo, como o atum-rabilho ou, no caso português, a sardinha.

CAPA DA EDIÇÃO