Como se chegou até aqui, os desafios, as polémicas: 26 perguntas e respostas sobre a COP26

Como se chegou até aqui, os desafios, as polémicas: 26 perguntas e respostas sobre a COP26

O que significa COP26?
COP é a sigla inglesa para Conference of Parties – Conferência das Partes. A designação oficial é Conferência das Nações Unidas sobre Alterações Climáticas. Esta é a 26ª vez que os Estados-membros se reúnem numa COP. A primeira conferência realizou-se em 1995, em Berlim, mas foi semeada em 1992, durante a Cimeira da Terra, no Rio de Janeiro, quando se criou a Convenção-Quadro das Nações Unidas para as Alterações Climáticas, no âmbito da qual se reúnem as “partes”, em conferências (quase sempre) anuais.

Se são anuais, esta não deveria ser a COP27?
Houve duas exceções à regra de uma conferência por ano, embora só uma tenha baralhado as contas: a COP26 deveria ter sido realizada em 2020, mas, pelas razões que bem conhecemos e que impossibilitavam reuniões presenciais, foi adiada para este ano. Em 2001, por outro lado, deram-se duas COP, a primeira em Bona, Alemanha, em julho, e a segunda em Marraquexe, mais perto do final do ano. A conferência de Bona, no entanto, foi apenas uma continuação das negociações (falhadas) da COP anterior, a 6, em Haia, na Holanda, que deveria ter afinado alguns aspetos técnicos do Protocolo de Quioto, o primeiro acordo internacional de redução de emissões de gases com efeito de estufa (definido na cidade japonesa durante a COP3).

Glasgow no centro do furacão São esperados milhares de ativistas, que deverão organizar manifestações à porta da cimeira e por toda a cidade

CAPA DA EDIÇÃO

Mais na Visão